Alimentação saudável é uma delícia

Posted on Posted in Edição 30, Última Edição

O relógio bate: 12 horas. Momento de dar aquela pausa para o almoço. Já percebeu a quantidade colegas que trazem a “marmitinha” de casa? E não é só para esse horário, está virando uma prática trazer as refeições de casa. Para que você possa continuar fazendo isso, e com muita saúde, conversamos com a professora dos cursos de Nutrição e Gastronomia do DeVry | Unifavip, Georgia Galvão, e de colegas da Adtalem para darem suas dicas.

A professora Georgia fica feliz com a volta do costume de levar a refeição para o trabalho, em virtude da popularização da alimentação saudável, funcional e natural. “No ambiente de trabalho está cada vez mais comum os colaboradores se unirem para fazerem as refeições juntos e, muitas vezes, trazendo o alimento da sua casa. Essa atitude é muito importante porque, além de promover o cuidado com sua saúde, fomenta a harmonia da equipe”, afirma.

georgia

 Georgia Galvão – professora dos cursos de Nutrição e Gastronomia do DeVry | Unifavip

Para o Eduardo Rohan, Analista de Processos Jurídicos da DeVry | Facimp, trazer os alimentos de casa virou uma rotina desde fevereiro. Foi nesse momento, junto com a prática de exercícios, que passou a adotar a alimentação saudável: “Anteriormente, eu sempre me dirigia até a cantina para fazer um lanchinho, entretanto, depois que comecei a praticar exercícios, em busca de um bem estar, e de olho em uma alimentação mais saudável, comecei a trazer frutas e pequenos lanches  para o trabalho”.

viver bem - eduardo rohan

 Eduardo Rohan, Analista de Processos Jurídicos da DeVry | Facimp

Por questões de saúde, Gabriel Bonadies, Supervisor de Marketing Digital da Adtalem Educacional do Brasil, decidiu cuidar da sua alimentação. “Quando começou a atrapalhar meu trabalho – eu demorava a dormir, acordava cansado, almoçava e ficava sonolento, e isso começou a afetar meu raciocínio – entendi que era a hora de mudar meus hábitos”.

viver bem - gabriel bonadies

Gabriel Bonadies, Supervisor de Marketing Digital da Adtalem Educacional do Brasil

Praticante de esportes e Deadlift (treino de força), Gabriel não recusa convites de Happy Hour ou aquele bolo de aniversário. Mas nada como os próprios pratos. “Agora eu vivo ensinando receitas, pratos especiais e dou dicas quando pedem. E é bacana ver quando alguém segue”.

Para que a alimentação seja realmente saudável, é importante que ela tenha todos os nutrientes (carboidratos, gorduras, proteínas, vitaminas e minerais) nas devidas proporções.

Por isso, a professora Georgia indica como você balancear suas refeições:

  • Para os lanches, a marmita deve ser recheada de frutas, biscoito/bolacha sem recheio, oleaginosas (castanha, amendoim, nozes) e suco da fruta;
  • No desjejum, o colaborador pode elaborar sua marmita com sanduíches de queijo, tubérculos, ovo, leite e fruta;
  • Já no almoço e jantar, deve-se optar por alimentos ricos em verduras e fibras, bem como carboidratos, proteínas e gorduras saudáveis. Um exemplo de almoço seria arroz, feijão, carne e salada crua, pois neste prato encontram-se todos os tipos de nutrientes. Para incrementar, orienta-se colocar um fio de azeite e ingerir um copo pequeno de suco de fruta.

Além disso, é importante realizar de 5 a 6 refeições por dia, não excluir nutrientes, evitar alimentos processados e bebidas ricas em açúcares, ingerir em torno de 2 litros de água por dia.

Um outro conselho que ela dá é quanto à conservação dos alimentos. “O colaborador deverá acondicionar bem seu alimento em marmitas térmicas e específicas para este fim e, assim, garantir a não proliferação de micro-organismos prejudiciais à saúde”.

E você, colega, como está sua alimentação? Já segue essas dicas ou pretender segui-las? Fala aqui para a gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *