Humans of Adtalem – Let’s sing!

Posted on Posted in Edição 35

Cantar é uma das formas de expressão mais antigas do ser humano e um remédio eficaz para espantar os males, já dizia o ditado. Nada mais relaxante do que ouvir aquela música na voz do seu cantor favorito, não é verdade?

Pessoas com  dom de cantar estão em todos os lugares. Muitas vezes, nos surpreendemos com aquele amigo ou colega de trabalho que tem um timbre de voz bonito.

Na Faculdade DeVry | Fanor, por exemplo, o porteiro Carlos de Sousa foi uma dessas surpresas. Além de ser muito simpático e estar sempre com um sorriso no rosto, Sousa encanta com sua voz, bela e encantadora.

Evangélico, Sousa diz que só canta mesmo na igreja que frequenta e que não tem interesse em ganhar dinheiro com seu talento. Disse que até já cantou em alguns congressos, mas só os da igreja, e que foi chamado para gravar um CD. Não aceitou.

Apesar de manter a discrição, é difícil não chamar atenção. Quem estuda ou trabalha na DeVry | Fanor e ouve Carlos cantar se encanta. Tanto que um aluno da instituição, impressionado com a voz do porteiro, pediu pra gravar um vídeo seu. O resultado foi milhões de visualizações, compartilhamentos e comentários.

Para Carlos, cantar será sempre um hobby. Cantar, para ele, será sempre para louvar e agradecer, nunca para ganhar dinheiro com isso. Ele prefere mesmo é ser porteiro e encantar os colegas de trabalho e os alunos que têm o privilégio de ouvir a sua voz de perto.

 

Veja o vídeo do Carlos:

Vivian Alves: vocação de fato e de direito

Assim como Carlos, a colaboradora Vivian Alves não gosta de chamar atenção para o seu talento. Ela é advogada da Adtalem e trabalha em São Paulo, mas seus colegas de trabalho, apesar de já conhecerem sua voz, ainda não tiveram a oportunidade de assistir a uma de suas apresentações.

Vivian descobriu, por acaso, que tinha talento para cantar na adolescência, por volta de 15 anos.

“Estava em uma festa com alguns amigos que tocavam em bandas e o microfone acabou na minha mão. Todo mundo ficou muito empolgado logo após eu ter cantado uma música da Marisa Monte, dizendo que eu tinha uma boa voz para cantar. Foi assim que comecei a me interessar pela ideia de aprender técnicas vocais e montar uma banda”.

Apesar de não viver de música, ela tem bastante experiência nos palcos. Já fez parte de algumas bandas de rock e pop e se apresentou em festas e bares do ABC (região metropolitana de São Paulo). Há pouco mais de um mês, voltou a ensaiar com sua banda, agora com uma nova formação. A ideia agora, segundo ela, é apenas se divertir, e só depois pensar em voltar a procurar bares para tocar aos finais de semana.

E a profissão de advogada? Dá para cantar e advogar ao mesmo tempo? Vivian garante que sim.

“Eu sou muito ativa e nada melhor do que gastar a minha energia com algo que eu amo fazer. Não me atrapalha em nada, ao contrário, para mim uma coisa complementa a outra”.

Vivian tem um blog, que em breve será reativado, onde ela conta a história de composições de algumas músicas, independente do estilo musical. O endereço do blog é http://nemcincominutosguardados.blogspot.com.br/. Ela já deixou algumas postagens lá, vale a pena conferir.

6 thoughts on “Humans of Adtalem – Let’s sing!

  1. A arte encanta e nos transforma em pessoas melhores.Parabéns! aos colegas que tem essa desenvoltura encantando não tão somente as vossas vidas, como a de todos que convivem próximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *