Sabores DeVry – Especial DeVry 8 anos

Posted on Posted in Edição 28

materia-sabores-topo

Para comemorar os 8 anos da DeVry no Brasil, trazemos para você uma matéria muito saborosa. O Grupo está, hoje, em 9 estados do país. Já parou para pensar quantas diferenças temos entre os nossos colegas? E o paladar de cada um? É por essa razão que escrevemos esse texto com um gostinho especial. Vamos partilhar as delícias que estão à mesa de cada um? É de dar água na boca.

materia-sabores-carne-de-sol

Gleysiane Gonçalves – Supervisora de Recursos Humanos – DeVry Facid, DeVry | Facimp e DeVry | São Luís

O prato da Gleysiane é um clássico nordestino: a Carne de Sol. Mas não é qualquer uma. “A carne de sol piauiense é a melhor. Já experimentei a de outros estados, mas nenhuma se compara ao sabor do Piauí. Gosto especialmente da Maria Isabel e da paçoca de carne de sol, pratos bem típicos da minha terra, sempre preparados pela minha mãe”.

Ingredientes:

– 1 kg de carne de sol de contrafilé

– 1/3 de xícara (chá) de manteiga de garrafa

– 1 xícara (chá) de queijo de coalho cortado em fatias

– Folhas de alface para decorar

Modo de preparo:

Dessalgue a carne, colocando-a de molho por 12 horas. Escorra a água e reserve. Em uma panela, aqueça a manteiga e frite a carne em fogo baixo e com a panela tampada, para que a carne fique cozida e macia. Com o auxílio de um garfo, vire sempre a peça, para que todos os lados fiquem fritos igualmente. Quando a carne estiver bem dourada, coloque as fatias de queijo por cima. Tampe a panela e deixe abafar em fogo baixo por mais 3 minutos. Forre o prato com folhas de alface, disponha a carne sobre elas e sirva.

materia-sabores-feijoada

Cíntia Dias Pereira – Líder de Secretaria – Ibmec – Barra

A delícia que a nossa colega do Rio compartilha com você é uma Feijoada. Prato preferido da Cintia, ela fez questão de compartilhar a receita dessa maravilha com você.

Ingredientes:
– 1 kg de feijão
– 500 gramas de carne seca
– 500 gramas de lombo
– 800 gramas de costela
– 500 gramas de linguiça
– 1 chispe de porco
– 200 gramas de orelha
– 1 rabo de porco
– 5 folhas de louro

 

Modo de preparo:

Para iniciar o preparo, é necessário dessalgar as carnes, menos a linguiça, de preferência um dia antes de servir a feijoada, trocando a água ao longo desse período.
Para o preparo do feijão, devemos cozinhar o mesmo na panela de pressão por aproximadamente 30 minutos, juntando a ele as carnes mais duras, que já foram dessalgadas – nesse caso, a carne seca e o pé de porco. Junte também o louro.
Após o cozimento, transfira o conteúdo da panela de pressão para outra maior e junte as demais carnes, a linguiça, costela, o lombo, a orelha de porco e o rabo. Deixe levantar fervura por, no máximo, 10 minutos.
Enquanto isso, será preciso preparar o refogado do feijão:
– 1 cebola cortada em quadradinhos;
– 4 dentes de alho amassados e misturados com um sal e pimenta do reino moída;
– 1 concha cheia do feijão já cozido devidamente amassado.

Coloque todos os ingredientes, menos o feijão amassado, em uma frigideira com um pouco de óleo e refogue até a cebola e o alho ficarem dourados. Quando começar a dourar, misture o feijão amassado que você havia reservado e desligue o fogo.
Esse refogado deve ser colocado junto a panela do feijão que estava fervendo com as carnes, sendo devidamente misturado e encorpado. Deixe ferver por mais alguns minutos e prove para ver se o sal está a gosto.

“E assim está pronta a Feijoada que deverá ser devidamente acompanhada de um arroz bem soltinho, uma farofa com bacon e linguiça, e uma deliciosa couve mineira refogada no alho.”

materia-sabores-moqueca

Antonilda Barreto de Sá – Supervisora de Departamento Pessoal – DeVry | Ruy Barbosa

“Pode parecer repetitivo, mas o prato preferido da maioria dos baianos é a moqueca, e nós não somos exceção. Chegamos a brincar dizendo que corre azeite em nossas veias”. É assim que a nossa colega Antonilda apresenta a Moqueca de Tudo Dentro:  é um cozido de peixe e outros frutos do mar com diferentes temperos, sendo o azeite de dendê, o leite de coco e o coentro os ingredientes mais tradicionais”.

Ingredientes:

– 4 colheres (sopa) de azeite de oliva

– 2 cebola grandes em rodelas

– 01 cebola pequena picada

– 4 tomate maduros em rodelas

– 03 pimentões em rodelas (amarelo, verde e vermelho)

– 04 postas de peixe de sua preferência limpos

– 04 pedaços de arraia limpa

– 200 g de lula em anéis

– 300 g de camarão descascado

– 200 g de polvo cozido e cortado em pedaços

– 300 g de marisco já cozido

– 400 ml de leite de coco

– 200 ml de azeite de dendê

– 1 xícara (chá) de coentro picado

– 1/2 xícara (chá) de farinha de mandioca

– Sal a gosto

– Cebolinha a gosto

– Sumo de limão (02 grandes)

– Pimenta cominho a gosto

– Pimenta-de-cheiro (malagueta inteira) a gosto

Modo de preparo:

Misture sal, limão, pimenta, cominho e coentro, uma quantidade que dê para temperar o peixe, camarão, arraia, lula, polvo, marisco. Tempere separadamente os frutos do mar e reserve.

Em uma panela grande (que dê para todos os ingredientes), coloque o azeite de oliva, a cebola picada e refogue. Quando a cebola murchar, abaixe o fogo e monte as camadas. Arraia, cebola, tomate, pimentão, marisco, lula, polvo e cebolinha. Após, peixe, cebola, tomate, pimentão, marisco, lula e polvo, finalize com coentro. Regue com o azeite de dendê e o leite de coco. Tampe e deixe cozinhar por 15 minutos, retire a tampa e deixe cozinhar por mais 15 minutos ou até os ingredientes ficarem macios.

Verifique o sal, se precisar, acrescente mais enquanto está cozinhando. Após cozido, desligue o fogo e retire um pouco do caldo, coloque em uma panela, junte a farinha de mandioca, aos poucos, mexendo sempre, até engrossar e formar o pirão, transfira para um refratário e salpique coentro. Sirva a moqueca quente com o pirão e arroz branco.

materia-sabores-pao-de-queijo

Valéria Soares de Oliveira – Supervisora do NAAF – Ibmec – Brasília e Minas Gerais

Agora, embarcamos de Salvador para Minas Gerais, com uma receita que não pode faltar. Qual é? Claro, o famoso e delicioso Pão de Queijo. Anota aí a receita da Valéria.

 

Ingredientes:

– 1 quilo de polvilho azedo (Marinês)

– 1 colher de sopa de sal

– 1 copo e meio de água (copo de requeijão)

– 2 colheres de sopa de farinha de milho

– 3 copos e meio de leite (copo de requeijão)

– 2 copos de óleo (copo de requeijão)

– 3 ovos

– 400 gramas de queijo parmesão ralado

 

Modo de preparo:

Colocar a farinha de milho (duas colheres) em um copo de leite – reserve;

Em uma vasilha, colocar o polvilho com o sal e um copo de água; sovar até ficar fininho;

Acrescente o copo com a farinha de milho e leite e sove novamente;

Ferver dois copos e meio de leite, acrescentar dois copos de óleo e deixar ferver novamente;

Colocar em cima da massa e mexer com uma colher até misturar bem. Sove novamente até a massa ficar homogênea;

Espere esfriar e acrescente 3 ovos inteiros e o queijo. Mexer até ficar bem misturado.

Acrescente meio copo de água e mexa novamente até a massa ficar bem lisinha, depois passe óleo na mão e faça as bolinhas ou colheradas e coloque na forma para assar.

One thought on “Sabores DeVry – Especial DeVry 8 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *